CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Kittie


É uma banda de death metal canadense formada atualmente por Morgan Lander (vocal e guitarra), Mercedes Lander (bateria), Ivy Vujic (baixo) e Tara McLeod (guitarra). Elas começaram em 1996, quando Mercedes conheceu Fallon Bowman na aula de educação física. As duas começaram a ensaiar juntas e a irmã de Mercedes, Morgan, assistia os
ensaios e entrou como vocalista. Para completar a formação, elas chamaram Tanya Candler (baixo), que em 1999 foi substituída por Talena Atfield. No mesmo ano, as meninas lançam o primeiro álbum, Spit, pela Artemis Records. O estilo musical da banda combina o heavy metal com o rock gótico, como podemos perceber na faixa instrumental "Immortal", que encerra o disco. O disco mostra também o peso que as meninas são capazes de demonstrar, com "Do You Think I'm a Whore?" e "Paperdoll".
Spit rendeu três sucessos: "Brackish", "Charlotte" e a faixa-título.

Em 2001, a saída da guitarrista Fallon é anunciada, por motivos pessoais e para se dedicar ao seu novo projeto, Amphibious Assault. Seu lugar é preenchido por Jeff Philips, o engenheiro de som da banda até então. Nesse ano, o disco Oracle é lançado, com um cover do Pink Floyd ("Run Like Hell"), o sucesso "What I Always Wanted" e quatro faixas ao vivo em Estocolmo, na Suécia ("Spit", "Do You Think I'm a Whore", "Suck", "Brackish" e "Raven"). A décima faixa é a mais longa da história da banda: "No Name" tem quase 11 minutos de duração. No ano seguinte, a banda abre a turnê britânica do Slipknot e toca no Ozzfest, o festival de Ozzy Osbourne. Talena deixa a banda e é substituída por Jennifer Arroyo.

No ano de 2004, a banda dispensa Jeff para ele trabalhar no Thine Eyes Bleed e coloca em seu lugar Lisa Marx. Nesse ano é lançado o terceiro disco da banda, Until The End. Os hits foram "Into The Darkness" e "Pussy Sugar", mas é interessante ressaltar as faixas "Loveless" e "Until The End". O álbum vendeu 19 mil cópias e foi o último lançado pela Artemis. Em 2005, elas encerraram o contrato e Morgan deixou um post em seu blog insinuando que Jennifer e Lisa haviam deixado a banda. Jennifer foi para o Suicide City e Lisa, para o Scars Of Tomorrow. As substitutas delas são Tara McLeod (guitarra - continua até hoje na banda) e Trish Doan (baixo).

Ainda em 2005, as irmãs Lander começam sua própria linha de roupas, a Poisoned Black Clothing e aparecem em dois documentários sobre metal: A Headbanger's
Journey
e Louder Than Life. No ano seguinte, o EP Never Again é lançado e elas anunciam o lançamento de sua própria gravadora, a Kiss Of Infamy Records. Após receberem uma carta do Kiss Catalog Inc (grupo de cuida do merchandising do KISS), o Kittie resolve mudar o nome do selo para X Of Infamy. O disco seguinte, Funeral For Yesterday, é lançado pelo X Of Infamy em 2007, mesmo ano em que a banda vem para a América do Sul. Em seu show no Brasil, a baixista Trish foi substituída por Ivy Vujic, do In The Wake. O motivo? Trish é anoréxica e teve que entrar em tratamento, o que motivou sua saída da banda. Ivy entrou permanentemente em seu lugar.

Em setembro de 2009, vai chegar às lojas o novo disco, In The Black, pela E1 Music. Algumas das faixas já disponíveis no MySpace da banda são "Sorrow I Know" e "My Plague".

3 comentários:

Carool; disse...

ah que mara, até que curti :D

KarolinaB disse...

oi cathyyyy
nao conhecia essa banda. Vc descobre cada som diferente! Vou achar uma musica delas pra ouvir =)

Julio... disse...

^^ PARABÉNS PELO BLOG...
MTO D +!!

GOSTEI PAK's

BEJO