CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Normal.

Eu tenho o maior medo desse negócio de ser normal - John Lennon


A gente sempre fala que as pessoas não são normais. Mas será que nós somos normais? Existe uma definição para a palavra "normal"? Então tá, vamos ao dicionário.

Normal: 1. Conforme à norma. 2. Habitual. 3. Diz-se do ensino para a formação de professores primários. 4. Diz-se da reta, vetor, etc. perpendicular a uma reta ou plano. 5. Reta perpendicular a uma curva ou plano.

Então, o significado mais adequado é "habitual". Então uma coisa normal é uma coisa habitual (óbvio, não?). Habitual, para mim, é uma coisa costumeira. E fica a discussão no início do post: existe alguém normal? Todo mundo tem suas esquisitices, e nem de longe isso é ruim. Pelo contrário, é até saudável. Por exemplo, eu gosto de cantar, gosto de coisas que ninguém gosta, não dou a mínima para um celular-com-câmera-MP3-e-internet e prefiro ler um livro ou ir no shopping a ir em alguma baladinha de fim de semana. Além disso, sou metida a engraçadinha, adoro fazer piadas e sou meio irônica.

Talvez a tal coisa de ser normal seja incompreensível. Ou talvez eu vá descobrir seu significado mais pra frente. Mas são as nossas características individuais de personalidade (uau, ficou poético) que nos diferenciem uns dos outros. Qual é a graça de ser igual a todo mundo?

3 comentários:

KarolinaB disse...

Realmente... a graça de ser normal é quando todos os outros sao loucos... E vice-versa (Rsrsrs). Ah nao sei. É uma questao a ser pensada, filosofada!

llazy disse...

E todo mundo tem um pouco de loucura ;)

disse...

deve ser chato ser normal